24.5 C
Brasília
segunda-feira, 17 junho 2024 16:33

Temporais causados por ciclone extratropical deixam mortos e desaparecidos no Rio Grande do Sul

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

Devido aos temporais causados por um ciclone extratropical que atingiram o Rio Grande do Sul desde a madrugada de sexta-feira (16), oito pessoas estão desaparecidas e outras seis morreram, de acordo com a Defesa Civil. O balanço foi divulgado na manhã deste sábado (17). Ao todo, 40 municípios foram atingidos, com 2.330 desabrigados e 602 desalojados registrados.

A Defesa Civil relatou que duas mortes ocorreram em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre; uma em Novo Hamburgo e outra em Gravataí, ambas na mesma região; e uma em Maquiné, no Litoral Norte. Duas pessoas ainda estão desaparecidas em Maquiné e nove em Caraá, também no Litoral Norte. As equipes da Defesa Civil estão trabalhando para localizar os desaparecidos.

Cerca de 120 mil pontos estão sem energia elétrica na área de concessão da Companhia Estadual de Geração de Energia Elétrica (CEEE). As regiões mais afetadas são a Metropolitana (com 100 mil clientes sem energia) e Litoral Norte (com 20 mil). Os municípios mais impactados são Porto Alegre, Viamão, Alvorada, Tramandaí, Santo Antônio da Patrulha, Imbé e Capão da Canoa.

Na área de cobertura da RGE, são 68 mil clientes, principalmente nas regiões Metropolitana e Vale do Sinos, em cidades como Gravataí, São Leopoldo, Dois Irmãos, Esteio, Canoas, Novo Hamburgo e Cachoeirinha.

Morte e desaparecimentos
De acordo com a Defesa Civil, duas mortes foram registradas em São Leopoldo, na Região Metropolitana, e uma em Maquiné, no Litoral Norte. Durante a manhã de sexta, o governador Eduardo Leite informou que uma das vítimas de São Leopoldo tinha 23 anos e morreu após sofrer uma descarga elétrica. À tarde, o Corpo de Bombeiros informou que o corpo de um desaparecido foi encontrado no bairro São José.

Em Maquiné, a vítima é um homem de 69 anos, de acordo com a prefeitura.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso