19.5 C
Brasília
segunda-feira, 4 março 2024 8:00

Ibovespa Futuro opera com baixa, em linha com NY; posse de Mercadante no BNDES no radar

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

O Ibovespa Futuro opera com baixa nos primeiros negócios desta segunda-feira (6), em linha com o pré-mercado dos Estados Unidos, com investidores avaliando as perspectivas econômicas globais e de olho na cerimônia de posse do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante.

A cerimônia de posse do ex-ministro de Dilma Rousseff está marcada para as 10h na sede do banco do no Rio de Janeiro.

Ainda cenário local, o presidente Lula avalia iniciar a ampliação da faixa de isenção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) ainda este ano para quem ganha dois salários mínimos (R$ 2.604). A faixa de isenção está atualmente em R$ 1.903, o que faz com que quem ganha menos do que um salário mínimo e meio já tenha que pagar o imposto.

Às 9h14 (horário de Brasília), o Ibovespa futuro para fevereiro operava com queda de 0,56%, aos 108.245 pontos.

Em Wall Street, os índices futuros dos EUA operam com baixa na manhã desta segunda-feira, em semana marcada pelo discurso de Jerome Powell, presidente do Fed, e por mais resultados corporativos, depois que payroll de janeiro acima do esperado colocou em xeque o otimismo com a desaceleração da inflação nos EUA e a aposta de corte do juro já neste ano.

O discurso de Powell durante o The Economic Club of Washington deve fornecer sinais sobre o futuro da política monetária nos Estados Unidos e quais serão os próximos passos do BC.

Nesta manhã, Dow Jones Futuro caía 0,55%, S&P Futuro recuava 0,72% e Nasdaq Futuro tinha baixa de 0,93%.

De volta ao cenário nacional, a tendência de alta na projeções para a inflação tanto para 2023 quanto para 2024 continua entre os analistas do mercado financeiro. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Relatório Focus, do Banco Central, a expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano subiu de 5,74% para 5,78%, na oitava alta seguida.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso