24.5 C
Brasília
segunda-feira, 17 junho 2024 18:04

GP do Canadá de F1 é marcado pela busca pelo poder de reta e perseguição a Verstappen.

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

Uma das etapas mais velozes do calendário da Fórmula 1 ocorre neste fim de semana, no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, no Grande Prêmio do Canadá. Com poucas curvas lentas e retas longas em todo o terceiro setor do traçado, em um dos anos mais rápidos da categoria, a prova exigirá o máximo da potência dos motores e ritmo de todo o grid.

Durante os momentos de destaque da Ferrari, a capacidade de velocidade nas retas era o fator principal, colocando Carlos Sainz a apenas nove décimos de um imbatível Max Verstappen, vencedor da prova e futuro bicampeão do mundo. Para 2023, a equipe de Maranello se vê ainda mais incapaz de superar a Red Bull, competente na manutenção do ritmo e praticamente invencível nos trechos sem curva.

A Mercedes apresentou evolução em relação às últimas etapas, conquistando dois lugares no pódio, atrás apenas do líder holandês, na Espanha. Apesar da melhora, a diferença foi de 24 segundos entre o vencedor e Lewis Hamilton, com a distância entre o heptacampeão mundial e Max em 83 pontos na classificação, 105 em relação a George Russell.

Anteriormente uma surpresa na competição, a Aston Martin – liderada por Fernando Alonso, a 71 pontos de Verstappen – não apresentou a mesma forma em Barcelona, perdendo espaço para a sua fornecedora de motores, além de chegar a sofrer e brigar com a Ferrari. Caso se confirme a queda, ambas equipes podem protagonizar um grande duelo pelo terceiro lugar no mundial de construtores, com uma crescente Alpine podendo agregar-se ao cenário, sobretudo na segunda parte do campeonato.

Os primeiros treinos acontecem a partir das 14h30 e 18h desta sexta-feira (16/6), com a última sessão ocorrendo às 13h30 de sábado (17/6), antes da classificação, às 17h. A corrida começa às 15h de domingo (18/6) e toda a etapa conta com transmissão da BandSports e da Band.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso