17.5 C
Brasília
terça-feira, 27 fevereiro 2024 8:02

Nevasca violenta deixa 48 mortos nos Estados Unidos

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

A grande nevasca que atinge os Estados Unidos desde a semana passada já deixou ao menos 48 mortos, informou a agência americana Associated Press nesta segunda-feira, 26. A região de Buffalo, no estado de Nova York, é a mais afetada, onde foram registrados 27 óbitos. 

A tempestade histórica atingiu o oeste do estado no último final de semana causou cortes de energia em várias áreas e prejudicou os esforços das equipes de resgate que não conseguiam chegar até a população. A maioria das vítimas estava em carros, casas ou nas ruas enquanto tentavam cavar a neve. 

Gelo e neve cobrem um veículo abandonado ao longo da costa do Lago Erie
HAMBURG, NY – 24 DE DEZEMBRO: Gelo e neve cobrem um veículo abandonado ao longo da costa do Lago Erie em 24 de dezembro de 2022 em Hamburgo, Nova York. O subúrbio de Buffalo e a área circundante foram duramente atingidos pela tempestade de inverno Elliott, com rajadas de vento de mais de 70 milhas por hora, atingindo casas e empresas durante o fim de semana do feriado John Normile

“É como ir a uma zona de guerra, a imagem dos veículos jogados para os lados da estrada é impactante”, disse a governadora de Nova York, Kathy Hochuel, nascida em Buffalo. 

Além do território nova-iorquino, a tempestade atingiu os estados de Vermont, Ohio, Missouri, Wisconsin, Kansas e Colorado e deve começar a perder força a partir desta segunda, embora os órgãos do governo continuem recomendando que os moradores permaneçam em suas casas. 

HAMBURG, NY – 24 DE DEZEMBRO: O gelo cobre o restaurante Hoaks ao longo da costa do Lago Erie em 24 de dezembro de 2022 em Hamburgo, Nova York. O subúrbio de Buffalo e a área circundante foram duramente atingidos pela tempestade de inverno Elliott, com rajadas de vento de mais de 70 milhas por hora, atingindo casas e empresas durante o fim de semana do feriado John Normile
HAMBURG, NY – DECEMBER 24: Ice covers Hoaks restaurant along the Lake Erie shoreline on December 24, 2022 in Hamburg, New York. The Buffalo suburb and surrounding area was hit hard by the winter storm Elliott with wind gusts over 70 miles per hour battering homes and businesses through out the holiday weekend. (Photo by John Normile
Cerca de 60% dos americanos foram afetados de alguma maneira pelo fenômeno e, de acordo com a Associated Press, 1,7 milhão de pessoas chegaram a ficar sem luz na sexta-feira. 

 

A nevasca, considerada a pior dos últimos 45 anos, culminou com o congelamento do Ártico e uma tempestade de inverno que se estendeu pela maior parte dos Estados Unidos até a fronteira com o México. De acordo com o site FlightAware, mais de 13.500 voos foram cancelados entre sexta e segunda, à medida que o acúmulo de neve chegou a 1,1 metro no aeroporto de Buffalo.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso