21.5 C
Brasília
sábado, 24 fevereiro 2024 3:12

Câmara dos Deputados permite votações remotas para agilizar aprovação da Reforma Tributária

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

 

 O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, permitiu votações remotas para facilitar a aprovação da reforma tributária. Os deputados agora podem votar por meio de um aplicativo, nas sessões de quinta-feira e sexta-feira. Anteriormente, a presença e o voto presencial eram obrigatórios. A decisão foi publicada no Diário Oficial da Câmara. A reforma é uma Proposta de Emenda à Constituição que requer 308 votos favoráveis em dois turnos. No entanto, há críticas por parte de alguns membros do Partido Liberal (PL) ligados a Jair Bolsonaro, que pediram aos membros do partido que votem contra o texto.

 Em uma reunião anterior com a bancada do PL, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, foi vaiado por apoiadores da posição contrária à reforma. O governador afirmou que estava lá para ser um interlocutor e cobrar votos favoráveis à matéria. Ele foi cobrado para não participar de novas reuniões com o ministro da Fazenda e evitar defender a reforma. 

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso