Turistas assistem transporte de veículo roubado para a Bolívia




GUAJARÁ-MIRIM -(RONDÔNIA)- Um veículo possivelmente um  Fiat Toro de cor vermelha, foi flagrado por hóspedes do Pakaas Palafitas Lodge, hotel ecológico situado à beira do rio Mamoré, em Guajará-Mirim (RO), sendo levado para a cidade de Guayaramerin, na Bolívia, em uma balsa improvisada. Segundo o áudio do vídeo (veja abaixo da matéria vídeo original), o fato ocorreu na tarde desta quinta-feira, 25 de abril. Além das belezas naturais do rio Mamoré e dos botos cor de rosa, o turista pode apreciar mais uma paisagem ao vivo, o transporte de veículos roubados no Brasil.
O roubo de veículos em Rondônia é frequente. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado, milhares de veículos são roubados, sendo que mais da metade tem como destino a cidade boliviana de Guayaramerín. Carros, motos e caminhonetes de modelos fabricados no Brasil são facilmente encontrados na cidade boliviana. A grande maioria trafega pela cidade sem placas ou com placas da Bolívia. A falta de fiscalização nas BRs 364 e 452, que são as principais rotas das quadrilhas bolivianas e brasileiras, facilita o desempenho das quadrilhas que furtam os veículos do lado brasileiro. Os carros são levados de balsa para a Bolívia. De cada 10 caminhonetes, carros de passeio e motos roubados em Rondônia, sete vão para a Bolívia, onde a maioria é trocada por entorpecentes como cocaína, por menos da metade do valor comercial dos veículos.  Dependendo da caminhonete, os ladrões conseguem de três a quatro quilos de droga, que equivale a até R$ 20 mil sendo que a caminhonete vale até R$ 130 mil. “A moto que tem um preço médio de R$ 10 mil eles vendem por R$ 2,5 mil e R$ 3 mil”.
V Fonte: Mais RO com informações de Portal Guajará e G1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário