Nota oficial da Central Única das Favelas




A Central Única das Favelas (CUFA) vem a público reforçar que executa com
dezenas de egressos do sistema penitenciário o Projeto Recomeço, programa
que forma, emprega e beneficia apenados e ex-apenados, através da prestação
de serviços de entrega e distribuição.

Contudo, queremos salientar que não respondemos pelas ações individuais de
nenhum dos nossos atuais colaboradores ou fornecedores, e tampouco dos
membros que por aqui passaram.

Realizamos o Projeto Recomeço com o intuito de gerar oportunidades e
contribuir para a reinserção de egressos e seus familiares, que almejam uma
vida melhor e dentro da lei, na sociedade.

Temos como princípio apoiar as leis e a atuação do poder público, de forma
responsável, sempre visando o regular cumprimento do ordenamento jurídico.

Até o presente momento, não acusamos um único caso de reincidência dos
colaboradores que por aqui passaram. E torcemos para que o caso, ora
noticiado, não passe de um grande engano. Porém, se a Justiça comprovar que
trata-se de um fato de reincidência, nos caberá aceitar, lamentar
profundamente e seguir nossa missão de continuar dando chance a outras
pessoas que clamam por uma nova oportunidade. Aplaudiremos sempre a Justiça
ao fazer seu papel com lisura e comprovação dos fatos, e vamos continuar
aplaudindo a todos que entenderem que dar uma chance para quem errou um dia
é fundamental, para a reconstrução da cidadania dessas pessoas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário