Médicos Pela Vida recorre ao STF para preservar sigilo na CPI




 

Advogados da entidade protocolaram pedido de liminar na sexta-feira (11) à noite

O escritório Leal & Varasquim Advogados, representante da Associação Médicos Pela Vida, acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a quebra de sigilo bancário e fiscal da entidade, com sede em Recife (PE), pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instituída pelo Senado Federal em decorrência da pandemia de Covid-19.

O mandado de segurança com pedido de liminar para imediata suspensão foi protocolado junto ao STF na noite desta sexta-feira (11).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário