Polícias do DF e GO unidas no combate à violência no Entorno




As polícias Rodoviária Federal (PRF) e Federal (PF) também participam da ação. As cidades goianas que vão receber o projeto serão Águas Lindas, Girassol, Edilândia e Cocalzinho. No lado do Distrito Federal, Incra 8 e 9, Ceilândia e Área Rural de Brazlândia | Foto: Divulgação/SSP/DF

Com  o objetivo de combater o narcotráfico e o crime organizado e aumentar a segurança na região do Entorno do DF, teve início, nesta sexta-feira (23), a Operação Anhanguera. A ação será realizada de forma integrada entre as secretarias de Segurança Pública do DF (SSP/DF) e de Goiás (SSP/GO) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) na região que abrange as duas unidades da federação. O lançamento ocorreu em Águas Lindas (GO).

Operação Anhanguera integrará o Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), coordenado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) da pasta, que visa terminar com as organizações criminosas nas fronteiras e divisas do Brasil.

“Esta é uma operação integrada na área de divisa entre o DF e Goiás e a intenção é dar seguimento às ações rotineiras que já são realizadas, mas de forma mais intensa, buscando proporcionar ainda mais segurança para a região”, destaca o secretário de Segurança Pública do DF, delegado Júlio Danilo.

“As forças policiais estarão com um efetivo maior nesses dias. Realizamos um trabalho prévio de inteligência e intercâmbio de informações para buscar localizar foragidos, cumprir mandados de prisão e intensificar policiamento. O apoio do governador do DF Ibaneis Rocha tem sido essencial nesta ação”, acrescenta o secretário.

A ação faz parte de um piloto para futuro Acordo de Cooperação Técnica celebrado entre a SSP/DF e o MJSP para avançar no fortalecimento da Segurança Pública nas áreas integradas de fronteira.

 

O titular da SSP/GO lembrou que a operação faz parte de um esforço conjunto, que ocorre desde 2019, para a implantação de novas estratégias de segurança voltadas especificamente para a região.

“Trabalhamos para romper essas fronteiras municipais, estaduais, e tratarmos a segurança pública como um assunto único, porque a criminalidade não respeita limites e não respeita fronteiras”, destaca o secretário de Segurança Público de Goiás, secretário Rodney Miranda.

As polícias Rodoviária Federal (PRF) e Federal (PF) também participam da ação. As cidades goianas que vão receber o projeto serão Águas Lindas, Girassol, Edilândia e Cocalzinho. No lado do Distrito Federal, Incra 8 e 9, Ceilândia e área rural de Brazlândia.

*Com informações da SSP/DF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário