20.5 C
Brasília
segunda-feira, 4 março 2024 8:17

Novo salário mínimo deve ficar em R$ 1.320 diz Luiz Marinho

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

A discussão sobre o novo valor do salário mínimo deve entrar na reta final depois do Carnaval. O ministro do Trabalho, Luiz Marinho (PT), quer fazer o anúncio de uma nova cifra em 1º de maio, Dia do Trabalhador. Ainda não há martelo batido, mas a tendência é que o valor passe para R$ 1.320.

Trata-se da quantia que a nova gestão havia prometido, mas que não foi efetivada em janeiro. O custo com aposentadorias e pensões havia ficado acima do esperado.

Em 18 de janeiro, Marinho anunciou que o valor ficaria nos atuais R$ 1.302 e que haveria uma negociação sobre a cifra nas semanas e meses seguintes.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), tentava segurar o reajuste para conter os gastos públicos. Mesmo no Ministério da Fazenda, porém, já há a avaliação de que dificilmente será possível barrar o aumento.

As centrais sindicais, setor da sociedade caro ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), cobram que o aumento seja para R$ 1.343. As negociações com o segmento devem continuar nas próximas semanas.

Luiz Marinho deu mais um sinal em direção ao aumento em entrevista publicada neste domingo (12.fev.2023) pela Agência Brasil, ligada ao governo federal.

“Nós estamos discutindo a busca de espaço fiscal para mudar o valor do salário mínimo ainda neste ano. Se houver espaço fiscal, nós haveremos de anunciar uma mudança para 1º de maio”, declarou ele.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso