16.5 C
Brasília
terça-feira, 27 fevereiro 2024 6:29

Governo Lula decide acabar com escolas cívico-militares criadas por Bolsonaro

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares será encerrado pelo Ministério da Educação no governo de Lula. Um ofício emitido aos secretários educacionais dos estados confirmou essa decisão, estabelecendo o encerramento até o final deste ano.

Assinado em 10 de julho, o ofício solicita aos estados que gradualmente desmobilizem o pessoal das Forças Armadas envolvido no programa. O documento enfatiza a importância de garantir o término do ano letivo sem interrupções significativas nas atividades educacionais.

O MEC orienta os coordenadores gerais do programa a realizar uma transição cuidadosa das atividades, evitando impactos negativos no funcionamento das escolas e nas conquistas organizacionais alcançadas.

Além disso, o documento informa que a incorporação das escolas cívico-militares à rede regular de ensino dos estados será definida e planejada por cada sistema de ensino.

Já nos primeiros dias de governo, o ministro da Educação, Camilo Santana, indicou o fim do programa ao extinguir a Diretoria das Escolas Cívico-Militares no âmbito do MEC.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso