24.5 C
Brasília
domingo, 25 fevereiro 2024 22:28

Documentário sobre prisão de lula tem data marcada

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

Os 580 dias que o presidente eleito Lula, do PT, passou na prisão são tema do documentário “Visita, Presidente”. O longa reúne histórias inéditas de figuras que estiveram ao lado dele no cárcere.

É o caso de sua mulher, Janja, que gravava sua rotina para compartilhar com Lula. O filme deve exibir também um depoimento da secretária Cláudia Troiano em que ela fala do velório do neto do petista, morto aos sete anos em 2019 .

Produção exclusiva ‘Visita, Presidente’ irá ao ar nesta quarta-feira (28), às 22h30, e traz personagens e depoimentos inéditos sobre o tempo em que o presidente eleito esteve preso.

Na semana da posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, a GloboNews exibe o documentário exclusivo ‘Visita, Presidente’, um registro sobre os 580 dias em que Lula ficou preso na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba. A produção mostra, ainda, como esse período dialoga com o que promete ser o seu governo nos próximos quatro anos.

O documentário vai ao ar nesta quarta-feira (28), às 22h30 (de Brasília), trazendo personagens e depoimentos inéditos que ajudam a entender a história recente do país. Além disso, mostram como foram tomadas diversas decisões que moldaram a política atual.

Durante dois meses, a jornalista Julia Duailibi conversou com mais de 30 pessoas e gravou entrevistas com várias delas: desde o carcereiro do presidente eleito, que hoje faz sua segurança, até o seu secretário particular, que será seu chefe de gabinete no Planalto.

“O documentário é resultado de um trabalho intenso de apuração que realizei em busca da história daqueles dias na prisão e de como ela nos ajuda a entender o presente. A rotina, as visitas, as articulações políticas nesses 580 dias transformaram Lula no 39º presidente do Brasil. E ele não chega ao Palácio do Planalto sozinho. Leva com ele as testemunhas que acompanharam de perto o que nós não pudemos ver”, afirma Duailibi.

 

O título faz referência aos anúncios feitos pelos carcereiros a Lula, quando chegavam suas visitas na prisão: “Visita, presidente”.

No filme há depoimentos inéditos da futura primeira-dama, Janja da Silva, do futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, do fotógrafo oficial de Lula, Ricardo Stuckert, e de outros personagens que viveram aqueles dias ao lado do então ex-presidente e que, com ele, chegam ao terceiro mandato.

‘Visita, Presidente’ tem direção de Julia Duailibi e Maira Donnici, responsável também pelo roteiro e edição.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso