20.5 C
Brasília
segunda-feira, 4 março 2024 9:07

Natal patriota bolsonaristas fazem decoração natalina verde e amarela

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

Papai Noel, bolas vermelhas e outros objetos natalinos mudaram neste fim de ano. Se a tradição diz que a cor predominante desse período é o vermelho, os bolsonaristas vieram para provar o contrário: desta vez, a árvore será verde e amarela. A vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez com que alguns eleitores de Jair Bolsonaro (PL) passassem a rejeitar a cor vermelha, representada na bandeira do partido do presidente eleito. Na casa da financista Bruna Fernandes, 35, na zona oeste do Rio, uma árvore de 2,20 m ocupa parte da sala de estar com laços verdes, bolas douradas e várias bandeiras do Brasil. “Nós nos inclinamos muito para política, bem mais que nos anos anteriores. Isso despertou um patriotismo. Minha decoração de Natal é um protesto meu e da minha família sobre o que o Brasil está vivendo hoje”, diz. Eleitora de Bolsonaro, Bruna considera que o atual presidente “nem conseguiu governar direito por causa da pandemia”. “Gosto do Bolsonaro porque ele é sincero. Amo meu presidente e, de fato, visto a camisa”, conta a financista, vestindo uma camiseta da Seleção. Junto ao marido e ao filho de 6 anos, ela decorou a casa para as festas de fim de ano e a exibiu para seus seguidores no Instagram.”Nunca recebi críticas. Passo o Natal com um casal de amigos, que inclusive fizeram a decoração da casa deles toda vermelha, mas nada que me incomode. Não sou extremista a esse ponto”, diz, apesar de esperar que “algo aconteça” até 31 de dezembro :uma intervenção militar.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso