20.5 C
Brasília
segunda-feira, 4 março 2024 8:51

Mineira de 28 anos é morta após Réveillon

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

Uma jovem de 28 anos, natural de Formiga, na região centro-oeste de Minas, a 203 km de Belo Horizonte, foi encontrada morta neste domingo (1º) em um apartamento na cidade de Cork, na Irlanda. A vítima é Bruna Fonseca, e o suspeito do crime, o namorado dela, também natural do município mineiro.

O caso está sendo investigado pelas autoridades daquele país, que já prenderam o suspeito, Miller Pacheco, de 29 anos. O Itamaraty foi procurado para falar sobre o caso, mas não havia se pronunciado até a publicação desta reportagem.

Segundo o jornal irlandês Irish Examiner, a jovem foi encontrada inconsciente em seu apartamento às 6h30 (horário local) pela polícia irlandesa e pelo serviço de emergência, que atestou a morte. Bruna e Miller teriam passado o Revéillon juntos, e o crime teria ocorrido após a festa, mas a motivação ainda não foi esclarecida.

Ainda de acordo com a publicação, Bruna morava havia mais de um ano na Irlanda e trabalhava como faxineira em um hospital da cidade, embora fosse formada em biblioteconomia pelo Unifor (Centro Universitário de Formiga). Por meio de nota, a instituição lamentou o crime.

“A Comunidade Acadêmica do UNIFOR-MG lamenta com extremo pesar o falecimento da egressa Bruna Fonseca. Bruna se formou em Biblioteconomia no UNIFOR-MG e também colaborou com a instituição como estagiária. Em solidariedade aos familiares e aos amigos, a Instituição externa solidariedade nesse momento”, informou a instituição.

Nas redes sociais, parentes e amigos da jovem lamentaram o crime e pediram punição para o suspeito. “Mataram uma parte muito querida da minha família hoje”, escreveu uma parente. Uma conhecida da jovem, também de Formiga, publicou: “Muito triste! Sou de Formiga e a conhecia. Nós mulheres não temos um minuto de paz! Que Deus conforte o coração dos pais dela!”

“Descanse em paz. Esta é uma notícia terrível. Minhas condolências à família de Bruna e a todos os brasileiros que vivem aqui. Temos uma excelente força policial aqui — seu assassino será pego, julgado e punido por sua violência covarde e brutal”, disse um morador da Irlanda.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso