20.5 C
Brasília
segunda-feira, 4 março 2024 8:23

Justiça realizará investigação contra deputado eleito nos EUA

As mais lidas agora

PEC do estouro é protocolada no Senado

Após 13 dias de debate no Senado, a...

Temor a Deus

  "O temor do Senhor é o princípio da...

Casal é chicoteado e espancado por apoiar Bolsonaro

Tribunal do Crime cobra casal que fez campanha...

Mistério de Deus

QUERIDA MOCIDADE, QUERIDOS PASTORES: Assim diz a Santa...

A justiça brasileira fará investigação contra o deputado dos Estados Unidos, George Santos, que assume o cargo no Congresso nesta terça-feira, dia 3.

Em resposta ao New York Times, o Ministério Público do Rio de Janeiro afirma:

“Solicitamos ao Departamento de Justiça dos EUA que seja notificado a prisão de George Santos para que a investigação continue, o caso foi suspenso porque o mesmo não foi encontrado para prestar esclarecimentos.

George Santos, filho imigrantes brasileiros, foi acusado de fraude em 2008 depois de fazer uma compra em uma loja em Niterói quando estava prestes a completar 20 anos, usando um cheque roubado e um nome falso.

No ano seguinte, Santos confessou o crime por meio de uma mensagem enviada ao proprietário da loja na extinta rede social Orkut.

Em 2010 Santos juntamente com sua mãe confessaram para as autoridades que tinham furtado um talão de cheques de um empresário para quem sua mãe costumada trabalhar.

Essa não foi a única fraude cometida por ele. Entretanto, a outra diz respeito a sua campanha eleitoral nos EUA.

Depois que a imprensa norte- americana notou uma discrepância entre seu currículo e suas movimentações financeiras, Santos admitiu que havia mentido sobre sua biografia.

A mentira propagada foi dizer a todos que possui um diploma financeiro da Baruch College em Nova York em 2010 e experiência profissional na Citigroup Bank e Goldman Sachs Investment Bank, bem como a ser proprietário de inúmeras propriedades de alto padrão, quando na realidade ele admitiu ter milhões de dólares em dívidas.

“George Santos tem grande chance de ser condenado, e cumprir até cinco anos de prisão no Brasil mais pagar multa, porém, esse ato, por si só, não o desqualifica a assumir o cargo de deputado no Congresso dos Estados Unidos da América.

- Publicidade -spot_img

Você vai gostar disso